Cá estou eu, começando a escrever esse post ao som do show Caetano Veloso e Gilberto Gil transmitido pelo Canal Multishow. Grandes inspirações para o assunto de hoje: música.


Não importa o que esteja sentindo no momento, eu quero acrescentar, diminuir ou redimensionar esse sentimento através da música. Então tem aquelas que escuto só quando estou alegre (quase todas), aquelas pra quando eu estou triste, as de quando eu quero chorar (maldita TPM). As que geralmente não ouço quando estou sozinha mas gosto quando estou com os amigos. E também aquelas pra quando eu quero cantar beeeeem alto pra poder me imaginar nos shows de grandes públicos (essas meus vizinhos também adoram, tenho certeza)! E não precisa ter idioma: vai em português, espanhol, inglês, francês e até em árabe (geralmente as mais fáceis de pronunciar).
Certamente não iria no show de muitos artistas dos quais eu escuto algumas faixas, mas adoro ser eclética na questão musical. Me ajuda a definir minhas emoções, me adaptar em qualquer lugar que eu vá e fazer duplas ou grupos musicais com os amigos.
E uma coisa que me irrita muito é que muitas vezes vejo na internet brigas de fãs de um ritmo contra o outro, ou fãs de cantores contra os outros.  A música, que tantas vezes já mudou o mundo através de manifestos, desculpas para trocas de discursos de ódios e discussões idiotas.



É como se te obrigassem a comer uma comida que você não gosta, e fazendo de tudo para estragar aquela que você adora. Por que não posso gostar das músicas de rock e também gostar das de funk? Por que não posso ser fã de Ivete Sangalo e também idolatrar a Cláudia Leitte? Ou então amar Taylor Swift e ao mesmo tempo a Katy Perry? Tudo é cultura. Se te faz feliz escutar uma coisa e outra, por que não? Ou se curtir apenas um deles, seria legal respeitar o direito do outro fazer o mesmo.
Então não acho justo julgar uma pessoa por seu gosto musical. As canções agem de diferentes formas em cada um, e demonstram um pouco de cultura e vida da gente. Então o que é que tem se tocar aquela que "não tem letra" mas tem uma batida tão boa que você não consegue ficar parado? Ou aquela que é de um ritmo que normalmente você detesta, mas tem uma letra tão bonita que é impossível não gostar?
A música é isso. É a sua história, é o seu momento, a sua emoção. Apenas se permita sentir o que te faz bem.







4 Comentários

  1. Oi, Lara

    Que texto bacana! Super concordo com você! Eu ouço de tudo, cada momento e cada humor merecem uma música!
    Acho uma bobeira sem tamanho quando as pessoas começam a julgar as outras baseadas em seus gostos! E esse negócio de rixa não está com nada...os fãs às vezes (quase sempre) são meio surreais! rs

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook - Participe do sorteio e concorra a um exemplar do livro Como Eu Era Antes de Você e a um lindo marcador de página pintado à mão! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires!

      Obrigada!
      Que bom saber que você também ouve de tudo! É tão bom ser livre, né? Ouvir o que te faz bem e pronto!

      Volte sempre! Beijo

      Excluir
  2. Eu sou exatamente assim, uma música para cada estado de espírito, e isso me fez expandir tanto minha playlist que me assusta o quanto eu me afastei das músicas que me definiam a quatro anos atrás. Um tempo em que eu comecei a notar as desavenças entre os gêneros musicais, eu mesma com meus preconceitos, mas existem pessoas que chegam a extremos, querem definir uma pessoa pelo que ela escuta e acima disso querem ofendê-la e denegrir a imagem de alguém que escuta funk por exemplo.
    E o seu texto mostra isso, com belas palavras você diz o quanto a música é importante e que as pessoas usam isso para promoverem discussões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bárbara!
      Eu também acho incrível como o nosso gosto muda com o tempo. Sinal de que nós mudamos também!

      Volte sempre!

      Excluir

Ao final do comentário deixe o seu link, se tiver, teremos o maior prazer em retribuir a visita e o carinho ❤
Se você nao tem uma conta no Google, pode comentar usando "Nome/URL".
P.S. Comentários genéricos não serão retribuídos.