Oi, gente. Tudo bem com vocês?

Depois da falta da segunda passada hoje eu vim aqui ~finalmente, né? ~ vender meu peixe. AHAHAHAH!
Como assim, Dri?
É o seguinte: se você acompanha o blog desde o comecinho deve lembrar dos textos que eu postava por aqui antes. O blog , na verdade, foi criado com esse intuito e aos poucos eu deixei de fazê-lo pelo simples motivo de eu ter deixado um pouco de escrever as famosas crônicas.

No entanto, faz um tempinho que estou lutando contra a "vergonhinha" *meiga* para desengavetar algumas histórias e publicar pela web, essas não são crônicas, são contos novos e romances que populavam a minha mente desde 2009. Infelizmente na época não me achava boa o suficiente, assim como não tinha tanta responsabilidade, para escrever e acabei jogando o que já tinha (metade do romance) fora.
A faculdade veio ~ e quase já passou, aêêê ~ e eu continuo achando que não escrevo tão bem mas resolvi contar algumas histórias para os amigos e, a partir da insistência destes, Olá, estranho foi publicado pela Amazon.
Como estou sempre divulgando outros autores por aqui resolvi, dessa vez, contar pra vocês que escrevo também e assim mostrar um pouquinho de mim 

Sem mais delongas:

Quantas vezes você deixou uma grande chance passar?Em um dia comum Helena, literalmente, esbarra em mudanças. Os hábitos e reações corriqueiras dão lugar à magia e caminhos do acaso. Quantas pessoas passam por você todos os dias? Quantos amores e amizade em potencial deixam de existir por seguirem sem olhar para os lados? Em uma rotina conturbada parar e prestar atenção ao outro pode ser a diferença entre persistir na rotina ou a novidade do próximo encontro.












Olá, gente. Tudo bem?

No próximo domingo, dia 18, acontecem as premiações do Emmy 2016 e depois de avaliar as listas de indicados já temos nossa torcida. Aêêêê!
Algumas categorias como melhor série cômica, melhor direção em série cômica e outras não opinaremos pois não acompanhamos nenhuma das séries indicadas, nossas torcidas irão para as categorias:


Melhor série dramática
Melhor Atriz em série dramática
Melhor Ator em série dramática
Melhor atriz coadjuvante em série dramática
Melhor ator coadjuvante em série dramática
Melhor atriz convidada em série dramática
Melhor ator convidado em série dramática
Melhor direção em série dramática
Melhor roteiro em série dramática
Melhor Telefilme
Melhor ator em Série Limitada ou telefilme
Melhor Animação


Vem ver!



Oi, gente. Tudo certo com vocês?

Hoje, como normalmente acontece nas segundas de início de mês, eu vim trazer uma resenha curtinha de conto, pois as leituras do mês ainda estão começando. Dessa vez trago um conto que li sem qualquer tipo de indicação ou informação, estava navegando lá pela Amazon e encontrei esse conto: Marry Me, My Dear, da Jeu Guanabara.

Pelo que andei pesquisando por aí, a Jéssica é daqui da Bahia (êêê, olha as chances de encontrar a autora...) e o conto faz parte da Trilogia A Dama e o Vagabundo - sim, gente, eu li o conto sem saber da existência da trilogia então vamos ver no que deu, AHAHAHAHA -.

O relacionamento de Beth e Andrew não poderia estar melhor agora que não era mais um segredo para sua família e seus súditos. Há três anos eles não precisavam mais se esconder e Andrew estava cada vez mais inserido no mundo da realeza de San Marino. O próximo passo era mais que esperado por todos, mas será que o lado rebelde de Andrew entenderá as consequências dessa decisão importante? Afinal, um casamento real tem o poder de mudar a história de uma nação.







Oi, gente. Tudo certinho com vocês?

Hoje viemos aqui anunciar a nossa nova parceria, dessa vez com a autora Daniele Oliveira!

A Dani é autora do livro Noite Sombria, um livro de Fantasia Urbana publicado pela maravilhosa Editora Arwen
Vem saber mais sobre ela, sobre a obra e como adquiri-la!






Daniele Oliveira, paulistana fascinada pelo universo literário desde pequena. Sua paixão por livros tornou-a uma leitora voraz e escrever histórias, partilhando seus mundos imaginários, foi apenas consequência dessa paixão. Noite Sombria é seu livro de estreia. Daniele também possui novos projetos literários, como a publicação do conto Sangue e Cinzas na Antologia Demontale. Ambos pela editora Arwen.




Oi, gente. Tudo certo com vocês?

Hoje eu vim aqui falar de um livro que partiu o meu coração: A Pequena Guerreira, do autor Giuseppe Catozzella. O livro foi cedido em parceria com o Grupo Editorial Record e comporá o item 4 (Um livro na lista dos Best-Sellers) do nosso Desafio Literário que, obviamente, não será concluído na data mas que continuará aparecendo por aqui pelo motivo de sermos persistentes. :)
Vem ver!

Uma garota destemida, uma jornada perigosa, uma história inesquecível.A pequena guerreira é um romance baseado na vida de Samia Omar, a menina determinada a ser uma atleta de sucesso que cresceu numa Somália devastada pela guerra. Samia dormia com a foto do campeão olímpico Mo Farah ao seu lado, treinava arduamente apesar da violência e do preconceito que a rodeavam, e conseguiu, contra todas as expectativas, integrar a seleção somali de atletismo, além de participar das Olimpíadas de 2008 em Pequim. Um dia, com a família sob risco de ser irremediavelmente afetada pela guerra, sua irmã se vê forçada a fazer a perigosa viagem de barco para a Europa, como refugiada. Pouco tempo depois, Samia, temendo por sua segurança e por seus sonhos, resolve seguir os passos da irmã, e com isso coloca a própria vida nas mãos de traficantes de pessoas, demonstrando até onde alguém é capaz de ir por um sonho. A pequena guerreira é uma história inspiradora e tocante de guerra, família e esperança.