Oi, gente. Tudo certo com vocês?

O ritmo de leituras por aqui está acelerado e para a minha felicidade tenho lido, além dos livros físicos recebidos das parcerias, alguns contos e assistido filmes legais durante essas férias. Então na resenha de hoje eu venho falar um pouco sobre mais um conto da minha autora queridinha () Karen Alvares. O conto da vez é O Estranho.
Vem ver!
O fim tem várias formas. As luzes se apagam, o som cessa. Todos possuem o mesmo rosto. A solidão pousa no coração. Um clarão toma a mente, mas o coração...
Ele não esquece.














Como costumo fazer com os contos não trarei detalhes sobre o enredo então pode ler sossegado pois não encontrará spoilers.

O conto nos faz, através de uma sucessão de acontecimentos, refletir a respeito do tempo, da confiança e da solidão, um mergulho na mente de alguém que se vê sozinho no próprio mundo. Um quadro pintado nas cores que de antemão já observamos na capa e que retrata a angústia e o medo que alcançam quem não sente familiaridade no que o cerca, como uma estranha paisagem em preto e branco que não reflete mais o ambiente outrora conhecido. 

O conto é curto e sua leitura é rápida mas o que conta mesmo é o tempo que você vai passar pensando sobre ele depois. Como sempre a linguagem que a Karen utiliza é simples e eficaz, e nos coloca na mente da personagem de forma extremamente natural. O ritmo que ela impõe à narrativa também não deixa nada a desejar ao que já conheço de suas outras histórias mas esse conto foi, com toda certeza, o mais triste.

Imagino que a intenção da autora tenha sido realmente essa, nunca havia refletido sobre essa situação do ponto de vista que é mostrado na história e é tão aflitivo quanto interessante poder se imaginar naquele lugar. 
Como todos as histórias da Karen tem a minha recomendação. Para quem ainda não conhece a autora vale a leitura e para quem já conhece é mais uma chance de admirar o seu trabalho.

Classificação:


Acompanhe a autora nas redes:


Compre aqui: Amazon
Adicione à sua estante: Skoob


4 Comentários

  1. Awn, fiquei emocionada com a resenha, Adriana! <3
    Obrigada demais, sua linda!

    ResponderExcluir
  2. Não sou de ler contos, mas esse me instigou... Parece ser bem interessante!

    Nuvem de Novembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isabela. Dá uma olhada nos contos da Karen, são maravilhosos!:)

      Excluir

Ao final do comentário deixe o seu link, se tiver, teremos o maior prazer em retribuir a visita e o carinho ❤
Se você nao tem uma conta no Google, pode comentar usando "Nome/URL".
P.S. Comentários genéricos não serão retribuídos.